Pensamentos intrusivos. Você sabe o que é isso?

Através de um cálculo neurofisiológico pesquisas concluíram que temos de 12 á 80 mil pensamentos por dia, ou seja, uma media de 50 mil, alguns pesquisadores discordam deste numero e afirmam que seriam apenas 20 mil.

Se levarmos em conta os 20 mil pensamentos dia, significa que teríamos 1250 pensamentos hora, supondo que nas oito horas de sono não estaríamos pensando, pouco mais de 20 pensamentos por minuto, ou seja, a cada 3 segundos um pensamento brota em nossa mente.

Diante deste volume de pensamentos não seria difícil imaginar como é difícil manter o foco e a concentração, alem disso quantos destes pensamentos são negativos? Você conhece o termo Pensamentos intrusivos ou invasivos.

São aqueles pensamentos que ficam martelando em nossa mente contra a vontade sem que consigamos afasta-los de forma alguma, geralmente surgem nos momentos mais importunos após aquela famosa expressão “E se...” espalhando assim em nossa mente as sementes da ansiedade.

Pensamentos intrusivos são como tentar manter uma bola no fundo da piscina, por mais esforço que você faça basta um vacilo e ela surge novamente com toda a força respingando água para todo o lado.

Existe uma máxima na psiquiatria que diz “quem tem medo de ficar louco não está louco”. Todos nós temos pensamentos invasivos, isso é normal, o que muda é como cada individuo reage aos seus.

Existe um ciclo básico de reação que se inicia com um simples pensamento que nos remete á uma preocupação que por sua vez gera a ansiedade, um estado que estimula o indivíduo a entrar em ação, ou quando em excesso, faz justamente o contrário, impede as reações, por fim para aliviar esta tensão emocional apresentamos um comportamento. Cada vez que este ciclo se fecha a pessoa deixa uma marca no mundo.

Tudo começa com a faísca de um único pensamento, como somos bombardeados por eles a cada 3 segundos devemos aprender a separar o que é real daquilo que é imaginário.

Tudo isso começou quando atingimos a consciência, diferente de outros animais passamos a não pensar apenas em nossa sobrevivência, mas em viver melhor do que os outros ao nosso redor. Os animais possuem senciência, ou seja, a capacidade de sentir prazer, sofrimento, medo ou felicidade, mas ainda não está totalmente comprovado que tenham ciência de si mesmos já que não os consideramos dotados de razão ou linguagem, pelo menos como a nossa.

Alguns pesquisadores e filósofos concordam na existência de um lado sombrio da consciência, digamos um efeito colateral, pois apesar de nos proporcionar a possibilidade da auto percepção ela também abriu o caminho para à comparação com o próximo que nos conduziu a antítese da sociedade moderna “o ter acima do ser”. “O ter acima do ser” substituiu o bem estar pelo sentimento de poder de compra, o resto da historia basta você olhar ao seu redor e observar em que o ser humano está se transformando.

Por isso não me admira que a cada dia tenhamos mais pensamentos intrusivos nos assombrando, estamos perdendo nossa essência, nos rendendo a sonhos coletivos de bem estar, temos medo de perder os bens, mas não os valores.

Pense nisso!!

Colaboração: Marketing Arsystem

Retirado de: administradores.com

Sobre o Portal

Criado em 2014, o Portal Eu Sou + Arsystem revolucionou a comunicação institucional, centralizando e facilitando o acesso a informações fundamentais para os profissionais da empresa.

Acesse Também

Siga nossas redes sociais

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2014-2020 | Produzido por Marketing Arsystem