Greenpeace põe fim a um acordo milionário entre Lego e Shell

A Lego não vai renovar seu contrato de marketing com a Shell no valor de US$ 110 milhões. Especialistas apontam que o motivo principal do fim do relacionamento tenha sido um vídeo lançado pelo Greenpeace e que viralizou na web.

Os ambientalistas protestaram com um filme cujo título era "LEGO: Everything is NOT awesome.", postado no começo de julho. O filme retrata um cenário angustiante em que ursos polares e outros seres e pessoas feitas de Lego se afogam após o que parece ser um vazamento de óleo do Ártico - fazendo referência à Shell, que em agosto sinalizou suas intenções de explorar petróleo na região.

Jørgen Vig Knudstorp, CEO do Grupo Lego, disse em um comunicado que a campanha do Greenpeace usa a marca Lego para atingir a Shell. "Como já dissemos antes, acreditamos firmemente Greenpeace deveria ter uma conversa direta com a Shell", disse. No mesmo comunicado, o executivo afirma que a Lego não concorda "com as táticas usadas pelo Greenpeace", mas que pelo bem das crianças a empresa resolveu não renovar a parceria iniciada em 2011.

John Sauven, diretor executivo do Greenpeace no Reino Unido, disse ao The Guardian que a reação do público para a campanha foi "extraordinária" e um sinal de mudança de atitudes do público em relação as empresas que exploram petróleo.

Retirado de: administradores.com.br

Por: Marketing Arsystem

Sobre o Portal

Criado em 2014, o Portal Eu Sou + Arsystem revolucionou a comunicação institucional, centralizando e facilitando o acesso a informações fundamentais para os profissionais da empresa.

Acesse Também

Siga nossas redes sociais

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2014-2020 | Produzido por Marketing Arsystem